Gosto de ti e não sei dizer porque sim ou porque não. Só gosto de ti.
Gosto, e vou continuar a gostar, mesmo quando já te tiver esquecido.
Vou lembrar-me de ti quando já estiver nos braços de outro que irá dizer que me ama. Vou lembrar-me do teu sorriso, da tua voz, do aconchego dos teus braços. 
Eu já tentei dizer não, ignorar, esquecer, mas é mais forte que eu. E quando eu tento esquecer-te de vez, tu apareces e mostras-me o quanto sou estúpida, e o quanto tu me tens "na tua mão".
Vou continuar a amar-te assim, sem explicação, mesmo sem que tu o saibas.




4 comentários:

  1. Por vezes amar não é tudo, e quando por mais que amemos a pessoa se ela não o merecer ou não nos fizer tão feliz como desejamos... O amor deixa de ser tudo e o mais importante neste caso... Como uma grande autora na minha perspectiva diz "Nunca se esqueçam que vocês estão em primeiro lugar e que não há amor no mundo que valha a pena, se não respeitar o vosso corpo, as vossas opiniões e escolhas, os vossos sentimentos e, acima de tudo, a vossa liberdade."

    ResponderEliminar
  2. oh, que tonta., está bem bonito!

    ResponderEliminar

Seguidores